Data: 03/11/2016
Mês: Novembro
Ano: 2016
No mês de setembro de 2016, a Taxa de Juro de Novos Empréstimos com maturidade original até 1 ano dos Bancos (IFM) em Portugal às Empresas (SNF), fixou-se em 3,09%, diminuindo 0,02 p.p. face ao mês anterior.
 
Relativamente a Espanha e Alemanha, as taxas de juro de Novos Empréstimos com maturidade original até 1 ano dos Bancos (IFM) às Empresas (SNF) passaram de 2,06% e 1,38% em agosto de 2016 para 2,25% e 1,46% em setembro de 2016, respetivamente.

ine

ine

ine

Em setembro de 2016, a Taxa de Juro de Novos Empréstimos dos Bancos (IFM) em Portugal às Empresas (SNF) diminuiu 0,11 p.p. (3,03%) face ao mês anterior (3,14%). As Taxas de Juro de Novos Empréstimos com montantes até e incluindo 0,25 milhão de euros e até e incluindo 1 milhão de euros diminuíram para 3,76% e 3,39%, respetivamente, após terem registado valores de 3,78% e 3,41% no mês precedente, pela mesma ordem. Nos novos empréstimos acima de 1 milhão de euros a taxa de juro baixou para 2,49%, o que compara com 2,61% no mês anterior.

Os spreads das Taxas de Juro de Novos Empréstimos continuam em níveis muito acima dos spreads médios da zona euro.

ine

No mês de setembro de 2016, a Taxa de Juro de Novos Depósitos (de prazo superior a 1 ano) dos Bancos (IFM) em Portugal às Empresas (SNF) e Famílias, fixou-se em 0,43%, diminuindo 0,01 p.p. face ao mês anterior. Neste mês a diferença entre a Taxa de Juro de Novos Empréstimos e a Taxa de Juro de Novos Depósitos situou-se, assim, em 2,66 p.p.

Relativamente a Espanha e Alemanha, as taxas de juro de Novos Depósitos foram de 0,17% e 0,45% em setembro de 2016, respetivamente. As diferenças entre a Taxa de Juro de Novos Empréstimos e a Taxa de Juro de Novos Depósitos situaram-se, assim, em 2,08 p.p. e 1,01 p.p., respetivamente neste mês nestes países.

Observa-se, assim, um maior diferencial entre a Taxa de Juro de Novos Depósitos e a Taxa de Juro de Novos Empréstimos em Portugal relativamente às comparações apresentadas.

ine

Documento Original PDF