Data: 21/09/2016
Mês: Setembro
Ano: 2016

Em julho de 2016, as Taxas de Juro de Novos Empréstimos concedidos a residentes na área euro por Instituições Financeiras Monetárias residentes em Portugal aumentaram 0,14 p.p., de 3,24% em junho de 2016 para 3,38%. Quanto às Sociedades não Financeiras, as taxas de juro aumentaram 0,2 p.p., em comparação com o mês precedente, fixando-se em 3,14%. Em relação aos Particulares, as taxas de juro aumentaram 0,05 p.p., registando um valor de 4,01%.

ine

Entre junho e julho de 2016, as taxas de juro de novos empréstimos das Sociedades não Financeiras até 1 milhão de euros aumentaram 0,12 p.p. e acima de 1 milhão de euros aumentaram 0,34 p.p., fixando-se em 3,45% e 2,69%, respectivamente.

ine

Quanto aos Particulares, as taxas de juro de novos empréstimos de habitação não apresentaram alterações, entre junho e julho de 2016, fixando-se em 1,94%. Para o mesmo período, as taxas de juro de novos empréstimos de consumo aumentaram 0,05 p.p., fixando-se em 7,50%. As taxas de juro de novos empréstimos para outros fins diminuíram 0,47 p.p. entre junho e julho de 2016, fixando-se em 3,80%.

ine

Documento Original PDF