Autor(es): Pedro Duarte Silva
Ano: 2020

 

 No primeiro trimestre de 2020, que ora termina, o mundo viu-se confrontado com uma pandemia2 global decretada pela Organização Mundial de Saúde, associada ao vírus COVID19, detetado pela primeira vez na China em novembro passado.
Em Portugal, o primeiro caso detetado data de dia 2 de março, registando-se no final do mês, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde, 7443 pessoas infetadas e 160 óbitos, sendo que a nível mundial já se registam cerca de 790 mil infetados e quase 38 mil óbitos.
Esta pandemia apresenta graves problemas sanitários, exigindo drásticas medidas de contenção, as quais se começaram a implementar em Portugal em meados do mês, com reforço jurídico a partir do decreto de Estado de Emergência no passado dia 19 de março, e que se deverão prolongar, previsivelmente, pelo menos, até meados do segundo trimestre do ano, sendo que as suas consequências económicas e sociais – dado o forte arrefecimento da atividade económica – terão efeito para além desse horizonte.

 

Análise 05 20.pdf