Data: 31/01/2012
Ano: 2012

Os resultados do Inquérito ao Investimento de outubro de 2011 (que decorreu entre 1 de outubro de 2011 e 20 de janeiro de 2012), aponta para uma diminuição em termos nominais de 17,0% do investimento em 2011, o que representa uma revisão em baixa face às expetativas reveladas no inquérito anterior em 9,3 p.p.. De acordo com esta primeira estimativa para 2012, o investimento deverá apresentar também uma diminuição de 17,0%, o que traduz uma revisão em baixa de 13,3 p.p. relativamente à primeira estimativa para 2011 obtida no inquérito de outubro de 2010.

Como principal fator limitativo do investimento empresarial identificado pelas empresas inquiridas, nos dois anos analisados, destaca-se a deterioração das perspetivas de venda (72,4% e 73,1%, em 2011 e 2012, respetivamente), seguindo-se a incerteza sobre a rentabilidade dos investimentos (42,6% e 43,7%) e a dificuldade em obter crédito bancário (29,2% e 30,8%).

i011055

Documento Original PDF