Data: 28/01/2020
Mês: Janeiro
Ano: 2020

A Execução Orçamental revela que o saldo global das Administrações Públicas (que incluem o universo da Administração Central, Regional e Local e a Segurança Social), relativo ao período de janeiro a dezembro de 2019, apresenta um valor de -598,6 milhões de euros, o que compara com -2241,5 milhões de euros no período homólogo do ano anterior.

 

135

(Tabela: DGO)

 

Entre janeiro e dezembro, a Administração Central e Segurança Social arrecadou um valor superior de receitas fiscais ao registado no período homólogo (4,2%, VHA), totalizando 81.289,4 milhões de euros. A contribuir para esta evolução estiveram os impostos directos (+0,7% VHA), os impostos indirectos (+6,3% VHA) e as contribuições para sistemas de protecção social (+6,8% VHA).

Quanto à despesa efectiva da Administração Central e Segurança Social, esta aumentou 2,1% em relação ao mesmo período do ano anterior (VHA), totalizando 82.349,2 milhões de euros

A Execução Orçamental revela que, em dezembro de 2019, o défice global do Subsetor Estado foi de -3.969,0 milhões de euros (-3.666,2 milhões de euros no período homólogo).

No período em análise, a receita efectiva do Subsector Estado foi de 49.914,1 milhões de euros (47.907,1 milhões de euros no período homólogo), enquanto a despesa efectiva foi de 53.883,1 milhões de euros (51.573,3 milhões de euros no período homólogo).

 

136

(Tabela: DGO)

 

Documento PDF