Data: 17/07/2020
Mês: Julho
Ano: 2020

O INE divulgou hoje a publicação “Estatísticas da Construção e Habitação 2019”, que disponibiliza um vasto conjunto de indicadores sobre a construção e habitação em Portugal.

Segundo o INE, em 2019, foram licenciados 23.608 edifícios e 33.570 fogos em Portugal, correspondendo a acréscimos de 4,1% e de 14,5% face ao ano anterior, respetivamente (+19,1% e +32,9% em 2018, pela mesma ordem).

Estima-se que no mesmo ano tenham sido concluídos 14.184 edifícios e 18.181 fogos, representando crescimentos de 11,6% e de 23,2%, respetivamente (+13,9% e +38,5% em 2018).

O mercado imobiliário em Portugal cresceu 1,6% (+16,6% em 2018), a variação mais baixa desde 2013. Pelo terceiro ano consecutivo foi registado um novo máximo no número de transações, que atingiu 181.478 habitações em 2019. O valor das transações de alojamentos totalizou 25,6 mil milhões de euros em 2019 (+6,3%; +24,4% em 2018).

Em 2019, o preço mediano de alojamentos familiares em Portugal foi 1.081 euros/m2, aumentando 8,5% relativamente ao ano anterior. A cidade de Lisboa apresentou o preço mediano de alojamentos familiares mais elevado (3.247 euros/m2), entre as sete cidades com mais de 100 mil habitantes.

O valor mediano das rendas dos 72.788 novos contratos de arrendamento de alojamentos familiares em Portugal atingiu 5,32 euros/m2, aumentando 10,8% face ao período homólogo.

 

73

(Quadro: INE)

 

Documento PDF