Data: 2022-03-31
Mês: Março
Ano: 2022

O INE estima que, em março de 2022, a taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) terá sido de 5,3% (o valor observado em fevereiro de 2022 foi 4,2%). Trata-se do valor mais elevado desde junho de 1994.

A variação homóloga estimada do indicador de inflação subjacente é de 3,8% (3,2% em fevereiro de 2022). Estima-se que a taxa de variação homóloga do índice relativo aos produtos energéticos se situe em 19,8% (15,0% no mês precedente), valor mais elevado desde fevereiro de 1991, enquanto o índice referente aos produtos alimentares não transformados terá apresentado uma variação de 5,9% (3,7% em fevereiro).

A variação mensal do IPC terá sido 2,5% (variação de 0,4% em fevereiro de 2022 e 1,4% em março de 2021).

A variação média dos últimos doze meses de 2,2% (1,8% no mês precedente).

O Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português registou uma variação homóloga estimada de 5,5% (4,4% no mês anterior).

111

(Gráfico: INE)

Documento PDF