Data: 17/01/2012
Ano: 2012

Em novembro de 2011, o Índice de Novas Encomendas na Indústria registou uma variação homóloga (médias móveis a 3 meses - mm3m) de -8,7% (4,7% em outubro de 2011). O mercado nacional registou uma variação homóloga de -7,2% (mm3m), diminuindo 3,4 pontos percentuais (p.p.) em relação ao verificado no mês anterior (-3,8% (VH, mm3m)). O mercado externo registou uma variação homóloga de -9,8% (mm3m), diminuindo 22,7 pontos percentuais (p.p.) em relação ao verificado no mês anterior (12,9% (VH, mm3m)). Todos os agrupamentos apresentaram variações homólogas (mm3m) inferiores às do mês precedente. Os agrupamentos de Bens de Consumo e os Bens Intermédio apresentaram variações negativas de -7,8% e -15,9%, respetivamente, o que compara com valores de -4,0% e 3,1% em outubro de 2011. Os Bens de Investimento registaram uma variação de 3,8% em outubro de 2011 após ter registado 12,6% no mês anterior.

 

ine

 

O Índice de Novas Encomendas na Indústria (em valor absoluto) registou um valor de 113,5 pontos em novembro de 2011, diminuindo 2,5 pontos em relação ao mês precedente (116 pontos em outubro de 2011). No mercado nacional, o índice diminuiu de 104,7 pontos em outubro para 100,4 pontos em novembro, sendo este comportamento determinado por diminuições de 18,4 pontos nos Bens de Investimento e de 2,1 pontos nos Bens Intermédios e um aumento de 6,7 pontos nos Bens de Consumo. No mercado externo, o índice diminuiu de 127,1 pontos em outubro para 126,4 pontos em novembro de 2011, sendo este comportamento determinado por uma diminuição de 10,6 pontos nos Bens de Consumo e de 0,5 pontos nos Bens Intermédios e um aumento de 6,4 pontos nos Bens de Investimento.

 

ine

 

Documento Original PDF