Data: 27/09/2017
Mês: Setembro
Ano: 2017
Na edição 2017-2018 do Global Competitiveness Report (GCR), publicado pelo World Economic Forum, Portugal subiu da 46ª posição (em 138 economias) para a 42ª posição do ranking (em 137 economias).
 
O GCR assenta em 12 pilares, sendo que Portugal encontra-se melhor colocado nas Infraestruturas (18ª posição), Saúde e Ensino básico (18ª posição), Preparação tecnológica (26ª posição) e Inovação (32ª posição). Por sua vez, o Desenvolvimento dos mercados financeiros (116ª posição) e o Ambiente macroeconómico (105ª posição) são os pilares com pior posição.
 
Destacam-se os progressos ao nível do Ambiente macroeconómico (da 120ª posição para a 105ª) e da Eficiência do Mercado de trabalho (da 64ª posição para a 55ª). Verificou-se um decréscimo no pilar Dimensão de mercado (da 52ª para a 54ª posição).
 
Relativamente aos factores mais problemáticos para o ambiente de negócios destacam-se a burocracia governamental ineficiente, a carga fiscal, a regulação restritiva do mercado de trabalho e a instabilidade política.
 

i026177.jpg

 

                                                                                                         (Quadro: World Economic Forum)

A Suíça tem a liderança deste ranking, os Estados Unidos o 2º lugar e Singapura o 3º. A União Europeia tem 5 estados-membros entre os 10 países melhor classificados, sendo eles os Países Baixos (4ª posição), a Alemanha (5ª posição), Suécia (7ª posição), Reino Unido (8ª posição) e a Finlândia (10ª posição). Ao nível da União Europeia, Portugal ocupa a 18ª posição entre os 28 países.

 

i026178.jpg

 

                                                                                                          (Quadro: World Economic Forum)

 Documento Original PDF