Data: 16/09/2021
Mês: Setembro
Ano: 2021

Segundo o Eurostat, entre janeiro e julho de 2021, Portugal registou um défice da Balança de Bens de 8,5 mil milhões de euros, o que compara com um défice de 8,4 mil milhões de euros no período homólogo. As exportações de bens face ao período homólogo (VHA) aumentaram 22% neste período, tendo-se verificado um aumento das exportações intra-UE (22%) e um aumento nas exportações extra-UE (22%). As importações de bens aumentaram 18% neste período.

O Estado-Membro em que se observou o maior excedente da Balança de Bens foi a Alemanha (117,8 mil milhões de euros), seguida dos Países Baixos (44,7 mil milhões de euros), Itália (37,5 mil milhões de euros) e Irlanda (36,1 mil milhões de euros). França foi o Estado-Membro onde se registou o maior défice (57,0 mil milhões de euros), seguido da Roménia (13,3 mil milhões de euros), Grécia (12,4 mil milhões de euros) e Portugal (8,5 mil milhões de euros).

 

 

59

(Tabela: Eurostat)

 

Entre janeiro e julho de 2021, a Balança de Bens da Zona Euro com o resto do mundo registou um excedente de 122,4 mil milhões de euros, o que compara com um excedente de 112,8 mil milhões de euros no período homólogo. Neste período, as exportações de bens para fora da Zona Euro aumentaram 14,8% (VHA) face ao período homólogo e o comércio dentro da Zona Euro aumentou 20,1% (VHA).

No período em análise, a Balança de Bens da UE27 com o resto do mundo registou um excedente de 99,2 mil milhões de euros, o que compara com um excedente de 100,3 mil milhões de euros no período homólogo. As exportações de bens da UE27 para o resto do mundo aumentaram 13,2% (VHA) neste período e o comércio dentro da região aumentou 20,7% (VHA).

 

 

60

(Tabelas: Eurostat)

 

Documento PDF