Data: 21/10/2021
Mês: Outubro
Ano: 2021

Segundo a 2ª notificação do Eurostat, em 2020, Portugal apresentou um défice orçamental de 5,8% do PIB e uma dívida pública de 135,2% do PIB (270 491 milhões de euros), sendo o terceiro país mais endividado da União Europeia (atrás da Grécia e Itália).

A Zona Euro registou, em 2020, um défice de 7,2% e uma dívida pública de 97,3% do PIB. A UE28 registou, no mesmo período, um défice de 6,9% e uma dívida pública de 90,1% do PIB.

Em 2020, todos os Estados-Membros registaram um défice orçamental. Os maiores défices foram registados em Espanha (-11,0%), Grécia (-10,1%), Malta (-9,7%), Itália (-9,6%), Romênia (-9,4%), Bélgica e França (ambos -9,1%) , Áustria (-8,3%), Hungria (-8,0%), Eslovênia (-7,7%), Croácia (-7,4%), Lituânia (-7,2%) e Polônia (-7,1%). Todos os Estados-Membros, excepto a Dinamarca (-0,2%) e a Suécia (-2,8%), tiveram défices superiores a 3% do PIB.

No final de 2020, os rácios mais baixos da dívida pública em percentagem do PIB foram registados na Estónia (19,0%), Bulgária (24,7%), Luxemburgo (24,8%), República Checa (37,7%) e Suécia (39,7%). Treze Estados-Membros tinham rácios da dívida pública superiores a 60% do PIB, sendo os mais elevados registados na Grécia (206,3%), Itália (155,6%), Portugal (135,2%), Espanha (120,0%), Chipre (115,3%), França (115,0%) e Bélgica (112,8%).

 

 

81

(Tabela: Eurostat)

 

Documento PDF