Data: 20/07/2017
Mês: Julho
Ano: 2017

Em março de 2017, o Património Financeiro Líquido da economia portuguesa ascendeu a -193 884 milhões de euros (-103,9% do PIB), o que compara com -194 358 milhões em dezembro de 2016 (-105,1% do PIB).

i025691.jpg

 

O Passivo Financeiro Total da economia portuguesa (vis-à-vis com o resto do mundo) aumentou de 529 935 milhões de euros (286,6% do PIB) em dezembro de 2016 para 540 082 milhões de euros (289,5% do PIB) em março de 2017.

O Passivo Financeiro exceto ações e outras participações (vis-à-vis com o resto do mundo) fixou-se em 405 217 milhões de euros (217,2% do PIB) em março de 2017, o que compara com 400 710 milhões em dezembro de 2016 (216,7% do PIB).

A Dívida Líquida Total da economia portuguesa (vis-à-vis com o resto do mundo) aumentou de 207 861 milhões de euros (112,4% do PIB) em dezembro de 2016 para 208 169 milhões de euros (111,6% do PIB) em março de 2017.

A Dívida Líquida exceto ações e outras participações (vis-à-vis com o resto do mundo) fixou-se em 173 303 milhões de euros (92,9% do PIB) em março de 2017, o que compara com 175 908 milhões em dezembro de 2016 (95,1% do PIB).

i025690.jpg

Em março de 2017, o Passivo Financeiro das Administrações Públicas fixou-se em 148,9% do PIB (277 730 milhões de euros). Em percentagem do PIB, trata-se de um aumento de 0,9 p.p. face a dezembro de 2016 (148,0%).

 

i025692.jpg

Relativamente aos Particulares, o Passivo Financeiro Total, em percentagem do respetivo rendimento disponível bruto ajustado pela variação da participação líquida das famílias nos fundos de pensões, registou o valor de 125,7% em março de 2017, o mesmo valor registado em dezembro de 2016. O Passivo Financeiro Total das Sociedades não Financeiras em percentagem do PIB, ascende em março de 2017 aos 128,4%, o que compara com 129,6% em dezembro de 2016.

 

i025693.jpg

Documento Original PDF