Data: 25/10/2016
Mês: Outubro
Ano: 2016
O INE divulgou hoje a análise ao Comércio Internacional de Bens por características das empresas exportadoras/importadoras para o ano de 2015.
 
De acordo com o INE, tanto nas exportações como nas importações de bens verifica-se uma significativa concentração do valor transacionado num número reduzido de empresas. Em 2015, as 100 maiores empresas exportadoras concentraram perto de 44% das exportações e as 100 maiores empresas importadoras representaram cerca de 39% das importações.
 
A maior parte das empresas transacionou bens com apenas um país: 69,7% das empresas exportadoras e 86,9% das empresas importadoras. Todavia, as empresas com maior diversificação de mercados (empresas com parceiros em pelo menos 20 mercados) foram responsáveis por uma parte significativa das transações: 43,8% nas exportações e 26,6% nas importações. Comparativamente com 2010, reduziu-se o grau de exposição das empresas nos mercados de exportação e aumentou nos mercados fornecedores.
 
No que respeita às exportações, as 5 maiores empresas exportadoras de bens foram responsáveis por 15,9% do valor transacionado (16,0% em 2014) e as 10 maiores empresas por 20,4% (20,3% em 2014). As 500 maiores empresas exportadoras de bens para os mercados externos concentraram cerca de 2/3 do valor exportado (66,8%, mais 0,8 p.p. que em 2014).
 
No que respeita às importações, em 2015, as 5 maiores empresas importadoras de bens concentraram 14,3% do valor total das importações, as 10 maiores 17,9% e as 500 maiores empresas (62,1%).

ine

(Gráfico: INE)

ine

(Gráfico: INE)

Documento Original PDF