Data: 14-07-2022
Autor(es): Nuno Xavier | Gabriel Osório de Barros
Ano: 2022

O recurso às tecnologias digitais adquiriu uma expressão relevante nos últimos anos, nomeadamente nos domínios laboral, do comércio eletrónico, mas também da vida pessoal dos cidadãos. Esse aumento foi particularmente expressivo em consequência da pandemia da Covid-19 e do aumento substancial de “digital uptake”.

Mais recentemente, face ao conflito na Ucrânia deparamo-nos com uma realidade, em que os alvos estratégicos estão não apenas no plano territorial e material, mas também no plano digital. Tal contexto tem suscitado um aumento da importância do digital, em termos de agenda dos países, face à necessidade de garantir a autonomia estratégica e a sua soberania.

Neste artigo apresentamos os conceitos de soberania e soberania digital, o estado atual e contexto em relação a este tema, e focamos a nossa atenção no que em concreto são as políticas, estratégia e resultados alcançados na Europa e em Portugal.

 

TE 100 - Soberania Digital.pdf

Data: 04-07-2022
Autor(es): Walter Anatole Marques
Ano: 2022

Vai-se neste trabalho analisar a evolução do comércio internacional de mercadorias de Portugal com a Ucrânia no período de 2017 a 2021 e primeiros quatro meses acumulados de 2021 e 2022, por grupos de produtos, com base em dados estatísticos divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística de Portugal (INE), definitivos até 2020 e preliminares para 2021 e 2022, com última actualização em 9 de Junho de 2022.

 

TE 99 - Evolução recente do Comércio Internacional de mercadorias de Portugal com a Ucrânia.pdf

Data: 04-07-2022
Autor(es): Walter Anatole Marques
Ano: 2022

Após uma breve abordagem ao comércio externo de mercadorias de Marrocos face ao Mundo nos dois últimos anos, com base em dados de fonte “International Trade Centre” (ITC), vai-se neste trabalho analisar a evolução do comércio internacional português com este país entre 2017 e 2021 e nos quatro primeiros meses de 2021 e 2022, a partir de dados disponíveis na base de dados do “Instituto Nacional de Estatística de Portugal” (INE), definitivos até 2020 e preliminares para 2021 e 2022, actualizados a 9 de Junho de 2022.

 

TE 98 - Comércio internacional de mercadorias de Portugal com Marrocos.pdf

 

 

Data: 23-06-2022
Autor(es): Gonçalo Novo | Gabriel Osório de Barros
Ano: 2022

A pandemia da COVID-19 causou uma disrupção muito significativa da atividade turística global, depois de 2019 ter sido o ano com o maior número de viagens e receitas desde que há registo. Portugal, como país em que o setor apresenta um peso significativo na geração de riqueza e no emprego, foi particularmente afetado pela situação de emergência sanitária provocada pela pandemia da COVID-19. Contudo, os efeitos provocados pela pandemia e pelas políticas públicas que surgiram em sua resposta, distribuíram-se de modo assimétrico, com os diferentes segmentos de alojamento turístico a apresentarem diferentes estágios de resiliência na absorção do choque. No presente Tema Económico constatamos que, no novo contexto criado pela pandemia, as características de determinados tipos de alojamento constituíram, em si, vantagens comparativas relativamente aos seus concorrentes.

 

TE 97 - Turismo.pdf

 

 

Data: 31-05-2022
Autor(es): Inês Póvoa
Ano: 2022

Este Tema Económico apresenta uma análise das recentes tendências a nível europeu de uma seleção de setores intensivos em carbono: alumínio, ferro e aço, cimento, fertilizantes e geração de eletricidade, bem como das suas principais caraterísticas e importância na economia portuguesa. As disparidades encontradas justificam uma abordagem setorial, de forma a considerar as especificidades de cada setor nas políticas de descarbonização.

 

TE 96 - Decarbonization in Portugal – The sectors in the ring of fire.pdf

 

 

Data: 14-04-2022
Autor(es): Walter Anatole Marques
Ano: 2022

Portugal, detentor de uma das maiores Zonas Económicas Exclusivas (ZEE), mantém no âmbito da pesca, preparações, conservas e outros produtos do mar, uma balança comercial deficitária, tendo as importações (Fob) registado em 2020 um valor duas vezes superior ao das exportações (Fob), e 1,8 vezes em 2021.
Neste trabalho vai-se analisar a evolução destas trocas comerciais em 2021, face a 2020, a partir de dados de base divulgados no Portal do Instituto Nacional de Estatística em versão definitiva para 2020 e preliminar para 2021, com última actualização em 11 de Março de 2022.

 

TE 95 - Comércio Internacional da pesca, preparações, conservas e outros produtos do mar (2020-2021).pdf

Data: 22-03-2022
Autor(es): Walter Anatole Marques
Ano: 2022

As exportações de “Têxteis” e “Vestuário”, que haviam registado um forte incremento após a adesão de Portugal às Comunidades, começaram a decair em 2002, quebra que se acentuou em vésperas do desmantelamento do “Acordo Multifibras”, que ocorreu em Janeiro de 2005, face às regras da “Organização Mundial de Comércio” (OMC) que viriam a ser impostas, a que se seguiu um acentuado aumento de exportações de origem asiática, principalmente da China, para mercados das exportações portuguesas, em particular no espaço comunitário.

 

TE 94 - Sector “Têxteis e Vestuário” - Importações na UE-27 e quotas de Portugal (2020) - Comércio Internacional português (2017-2021).pdf

Data: 09-03-2022
Autor(es): Ana Martins e Rita Tavares da Silva
Ano: 2022

Este Tema Económico apresenta uma análise da capacidade de acesso ao financiamento das PME portuguesas no contexto das suas congéneres da Zona Euro e das políticas públicas implementadas desde a crise financeira global, no sentido de mitigar as dificuldades com que as empresas desta dimensão se depararam neste período. Tem como objetivo contextualizar, no espaço e no tempo, os constrangimentos que enfrentam, identificando desafios a considerar no desenho e implementação de medidas de política pública dirigidas às empresas em Portugal.

 

TE 93 - Acesso ao financiamento das PME_mar2022.pdf

 

 

Data: 07-03-2022
Autor(es): Walter Anatole Marques
Ano: 2022

Nota introdutória

A Federação Russa ocupou em 2020 e 2021 a 16ª e a 13ª posição entre os mercados de origem das importações portuguesas de mercadorias, respectivamente com 0,8% e 1,3% do Total. Entre os mercados de destino das nossas exportações ocupou o 36º lugar em 2020, com 0,3%, e o 39º em 2021, também com 0,3%.

 

TE 91 - Comércio Internacional de mercadorias de Portugal com a Federação Russa 2017 a 2021.pdf

Data: 07-03-2022
Autor(es): Walter Anatole Marques
Ano: 2022

Nota introdutória


A Ucrânia ocupou em 2020 e 2021 a 35ª e a 30ª posição entre os mercados de origem das importações portuguesas de mercadorias, respectivamente com 0,3% e 0,4% do Total. Entre os mercados de destino das nossas exportações, a Ucrânia ocupou o 70º lugar, com 0,1% nos dois anos.

 

TE 92 - Comércio Internacional de mercadorias de Portugal com a Ucrânia 2017 a 2021.pdf